Back to top

Duas associações, duas regiões, duas fileiras e um objetivo.

O que é o Master Export?

Portugal é um “hub” tecnológico para além das soluções digitais. Espetacular no turismo, também o é na indústria.
A sua indústria cada vez incorpora mais inovação, tecnologia e diferenciação em tudo o que desenvolve e exporta para todos os tipos de utilização.
Para além de excelentes vinhos e regiões de turismo, apresenta indústrias de excelência concentradas em algumas regiões.
Para duas dessas regiões, e para duas das suas fileiras, surge o Master Export.
Com atividades desenvolvidas nas regiões de Águeda (Região Centro),

de Vale de Cambra e Arouca (Região Centro) a AEA e a AECA juntam-se para contribuir para os ganhos de competitividade na exportação das fileiras da Metalomecânica e do Habitat.
A exportar para um mercado cada vez mais competitivo, os ganhos de competências e a competição assumem maior relevância face à concorrência, e de extrema importância para todas as empresas.
Por isso o Master Export apresenta-se com a missão de “apoiar as empresas das duas regiões em processos bem-sucedidos de internacionalização”.

Cooperação empresarial

Projeto de Internacionalização para as fileiras da Metalomecânica e do Habitat.

As regiões

O Master Export, enquanto projeto de apoio à internacionalização das PME das fileiras do setor da metalomecânica e do habitat com impactos nas regiões entre Mondego e Minho e especialmente a Região Centro Litoral e Norte.
Na Região Norte e Centro estão sediadas algumas das mais importantes
empresas portuguesas, sobretudo nas áreas da metalomecânica, do fabrico de motores para velocípedes e na área dos materiais de construção.
Mais recentemente, decorrente da relação com as universidades e criação de valor e competitividade, tem surgido sectores industriais produtores de bens de forte componente tecnológica e de vocação exportadora.

As regiões de Vale de Cambra/Arouca e de Águeda concentram uma vasta malha industrial, de onde se destaca as fileiras que fazem parte do Master Export - metalomecânica e habitat, distribuídas, nomeadamente, nas várias zonas industriais existentes.
Os concelhos de Arouca e Vale de Cambra pertencem ao distrito de Aveiro, integram a área Metropolitana do Porto, fazem parte da região Norte e sub-região de Entre Douro e Vouga.
Águeda é um concelho da região Centro (Portugal), do distrito de Aveiro.

Onde estamos

Projeto de apoio à internacionalização das PME das fileiras do setor da metalomecânica e do habitat com impactos nas regiões entre Mondego e Minho. Contate-nos.

Os promotores

A AEA - Associação Empresarial de Águeda, fundada em 1976, centra-se na representação, promoção e a defesa dos interesses comuns das empresas associadas da região de Águeda.
Desde o início da sua atividade, tem dedicado especial atenção à sua capacidade interventiva em defesa das causas dos seus associados,
bem como à prestação de serviços nas áreas importantes para as empresas. Tem contribuído, ainda, para um ambiente empresarial melhor, sustentado e sustentável, ajudando a conjugar estratégias de negócio e objetivos tendo em vista o aumento dos resultados das empresas da região.

A AECA - Associação Empresarial de Cambra e Arouca tem um papel de relevo, sendo interlocutor privilegiado dos empresários junto das várias instituições e parceiros, na discussão de assuntos relevantes para a resolução dos vários problemas do tecido empresarial, no âmbito das dinâmicas de desenvolvimento regional. Fundada em 1991, foi-se afirmando como associação multissectorial de âmbito concelhio, com atuação em Arouca e Vale de Cambra, tendo por missão estudar e defender os interesses relativos a Comércio, Indústria e Serviços, no sentido de promover e praticar tudo quanto possa e deva contribuir para o seu progresso técnico, económico e ou social.

pt_PTPortuguese
en_GBEnglish pt_PTPortuguese